USG fornece material para a US House das Olimpíadas

A USG tem orgulho em apoiar o esporte e os Jogos Olímpicos e Paralímpicos do Brasil, país em que opera seus negócios, investindo e acreditando no mercado. Estamos presentes através dos comitês dos Estados Unidos, Canadá e México, fornecendo placas cimentícias Durock e chapas de gesso Sheetrock para a construção de áreas de apoio e técnica para as equipes. Proporcionamos a construção rápida e de qualidade de alguns dos espaços que compõem este grande evento mundial. Acreditamos que o movimento esportivo olímpico, reconhecido em todo o mundo, ativa ainda mais a nossa marca. It’s your world. Build it.

Para as participações durante os jogos Olímpicos e Paralímpicos em todo o mundo, é prática comum alguns países montarem um espaço no país que os sedia para abrigar diversas atividades de apoio aos seus atletas. No Brasil não foi diferente e a USG está presente na US House, projeto temporário que utilizou o espaço de um prédio em Ipanema, e que será totalmente desmontado e devolvido ao proprietário ao final dos jogos, deixando uma atualização na infraestrutura de TI. O projeto tem o objetivo de levar o país de origem junto com os atletas, gerando conforto e segurança e assim, contribuir para o melhor desempenho de toda a equipe.

Quer conhecer um pouquinho mais sobre este projeto? A gente compartilha com você: http://www.architecturaldigest.com/story/team-usa-olympic-house-rio

Projeto arquitetônico olimpíadas 2016
Acomodações para atletas e delegações nas Olimpíadas do Rio de Janeiro 2016

Placas Durock são instaladas em parede inclinada de centro médico

A característica desta obra, na Bahia, é a parede inclinada. Trata-se da vedação do terraço da Alpha Medical. Foram 72 m² executados em Placa Cimentícia Durock realizados em 5 dias. Dentre as atenções que qualquer obra exige, neste caso a integração entre os rufos e área de telhado foi um ponto de atenção previamente discutido com o cliente. A obra foi executada por uma das empresas parceiras USG, a Acartonado Drywall de Salvador. A USG oferece tecnologia com qualidade e versatilidade para atender às necessidades de cada projeto.

paredes inclinadas com placa cimentícia Durock
Obra do terraço Alpha Medical em Salvador
Obra do hospital Alpha Medical. Parceria entr USG e Acartonado Drywall de Salvador
Obra do centro médico Alpha Medical. Parceria entre USG e Acartonado Drywall de Salvador

Chapa de gesso contra fogo é usada em casa de eventos no Rio Grande do Sul

Uma das maiores casas de shows e espetáculos do Rio Grande do Sul, a Waldhof Festas e Eventos, existente há 16 anos em Canoas (RS), trocou sua decoração feita com tecidos de voil, por placas de gesso Sheetrock Firecode C resistente a fogo.

O Rio Grande do Sul é um dos estados do País onde a legislação contra incêndio talvez seja a mais criteriosa devido à tragédia em Santa Maria e a placa da USG foi escolhida exatamente por ter uma comprovada eficiência quanto aos critérios mais exigentes para essas aplicações.

Reinaugurada em junho deste ano, a pista máster, anexa ao salão principal, ganhou sistema acústico, luzes para balada, um palco especial para o DJ e todo o teto de 350 metros executados com painéis USG antichama. Com a reforma, a casa Waldhof ficou mais bonita e mais segura também.

Placa de gesso Sheetrock Firecode C
Instalação das placas de gesso Sheetrock Firecode C

Desde esse incêndio, o que já era exigido ficou ainda mais em destaque, e neste sentido, a USG tem orgulho em dizer que sua placa de gesso, Sheetrock Firecode C, foi a escolhida para a reforma do espaço justamente devido aos critérios superiores de resistência ao fogo.

A preocupação com a segurança de seus ocupantes fez com que a especificação técnica prescrevesse a marca USG devido às questões técnicas e por toda a tecnologia retratada no produto.

Foram 350 m2 de painéis USG, executados em 17 dias, em maio deste ano, que resultaram em um ambiente onde a segurança e a preocupação com as pessoas vão além do projeto estético, envolvendo tecnologia, laudos técnicos e responsabilidade neste fornecimento. A ONE Construções Inteligentes, que é um dos parceiros USG no estado do Rio Grande do Sul, foi a fornecedora para esta obra.

placa de gesso drywall antifogo
Chapa de gesso drywall Firecode resiste ao fogo

Como selecionar a verdadeira chapa cimentícia para a sua obra em Light Steel Frame

A construção civil brasileira vem buscando inovar os seus métodos construtivos nos últimos anos, com o objetivo de obter mais qualidade e desempenho. Tais fatores implicam obter-se produtividade, durabilidade, facilidade de manutenção e critérios de sustentabilidade, tais como, redução de CO2, economia de água e eliminação de desperdícios.

Neste cenário, um sistema construtivo vem se destacando e crescendo exponencialmente no Brasil inclusive como solução anticíclica para o atual momento da economia. O Light Steel Frame, criado nos Estados Unidos há quase um século e já consolidado em muitos países, é um caminho sem volta para a industrialização da construção no Brasil.

O sistema é composto por perfis de aço leve revestidos com zinco ou alumínio e zinco, que quando conectados formam painéis estruturais para a construção de paredes, lajes e telhados. O fechamento interno e externo dessas estruturas é feito com materiais industrializados, como por exemplo chapas de gesso, madeira OSB, lã mineral – para ampliar o já excelente isolamento térmico e acústico, membranas impermeabilizantes e chapas cimentícias combinadas com massa tipo basecoat para o tratamento de juntas e superfícies.

Placa cimentícia Durock
Chapa cimentícia Durock Next Gen

 

As cimentícias são utilizadas como vedação principalmente para as áreas externas, mas é preciso entender adequadamente como selecionar esse importante componente para evitar problemas como delaminações, infiltrações, rachaduras inesperadas, nas uniões entre as chapas, ou descolamento dos revestimentos, comprometendo assim o sucesso da edificação.

As verdadeiras chapas cimentícias, baseadas na tecnologia norte-americana, são produzidas através de um processo contínuo que leva cimento Portland, aditivos especiais e malhas de fibra de vidro polimerizadas e álcali resistentes em ambas as faces. O resultado é um produto muito resistente a impacto e vento, durável, incombustível, com baixa absorção de água, resistente ao mofo, que não delamina, leve e fácil de cortar dispensando o uso de ferramentas elétricas e não gerando pó. Possui estabilidade dimensional e resiste aos movimentos provocados pela mudança de temperatura e umidade, e principalmente gerando ancoragem para o tratamento de superfície basecoat

Para tratamento da união e superfície das chapas é utilizada uma malha de fibra de vidro polimerizada e álcali resistente e massa à base de cimento polimerizado (basecoat): o resultado final é uma superfície plana e pronta para receber diversos tipos de acabamento como pintura lisa, textura ou cerâmica. O recobrimento de toda a superfície da chapa com o basecoat é indispensável para que haja a distribuição da movimentação das placas por toda superfície, e também para que a ancoragem dos revestimentos seja padronizada, diferente dos tratamentos convencionais que são realizados somente nas juntas, onde se concentra toda carga de movimentação das placas e diferentes ancoragens para os revestimentos, aumentando o risco de patologias. Por esses motivos a combinação de chapas cimentícias estruturadas USG com malhas de fibra de vidro nas duas faces junto com o tratamento de superfície basecoat é a melhor solução para os fechamentos externos do sistema construtivo Light Steel Frame.

Placa cimentícia Durock Next Gen dispensa ferramentas elétricas para ser cortada
Placa cimentícia Durock Next Gen dispensa ferramentas elétricas para ser cortada

USG fornece sistema Durock Next Gen para obra da Construtora Hochtief

Sistema da USG é escolhido para fachada de edifício comercial em Santo Amaro, SP

A tradicional construtora HOCHTIEF do Brasil, sempre na vanguarda das tecnologias construtivas buscando aprimorar fatores como produtividade e sustentabilidade de seus empreendimentos, escolheu o sistema Durock Next Gen da USG para cobrir parte da fachada lateral de um edifício comercial de oito pavimentos localizado no bairro de Santo Amaro, SP.

Predio com placa cimenticia
Edifício de oito andares usa placas na fachada lateral

O sistema Durock é composto por perfis de aço galvanizado espessura 0,95 mm, membrana hidrófuga, chapa cimentícia Durock, fita, malha em fibra de vidro e massa basecoat para tratamento de junta e superfície.

A área total de fachada é de 1.500 m² e foi utilizado o conceito light steel framing tipo cortina como estrutura. A escolha, segundo a construtora, foi pautada na leveza, durabilidade, baixa geração de resíduos e performances térmica e acústica além da tradição de 35 anos da chapa cimentícia Durock para este tipo de aplicação.

A Durock é composta de cimento Portland, polímeros e malha de fibra de vidro que resultam em uma chapa cimentícia leve, estável, confiável, com baixa absorção de água e fácil de cortar e instalar.

Os sistemas de construção a seco (drywall ou light steel framing) já consolidado em muitos países está crescendo no Brasil contrariando a atual conjuntura econômica do País pelas inúmeras vantagens que oferece.

placa_durock_01

USG participou do 2º Congresso Steel Frame e mostrou novo sistema para fachadas

Sistema EIFS (Exterior Insulation and Finish System) para fechamentos de fachadas foi mostrado no estande da empresa

Pelo segundo ano consecutivo, a USG Brasil participou do 2º Congresso Steel Frame, realizado dias 11 e 12 de maio, no hotel Maksoud Plaza, em São Paulo (SP). A empresa mostrou o novo Sistema de Revestimento e Isolamento Térmico para Fachadas EIFS (Exterior Insulation and Finish System) em seu estande e fez uma palestra sobre soluções para construção seca no Brasil, apresentada pelo gerente Comercial da USG Brasil, Fábio Din.

O estande foi muito visitado por arquitetos, engenheiros e instaladores que participaram do Congresso e puderam conhecer a solução para construção seca conhecida como EIFS (Exterior Insulation and Finish System). Utilizado para fechamentos externos de fachadas, o EIFS é largamente conhecido na Europa e América do Norte, bem como em alguns países da América do Sul como o Chile. Sua composição básica utiliza perfis de aço galvanizado leve #0,95 mm espaçados a cada 400 ou 600 mm, chapa de gesso de alta resistência revestida com fibra de vidro 12,7 mm Securock® da USG (www.usgbrasil.com.br/www.usg.com), membrana hidrófuga líquida contra água (ar e umidade), placa de EPS isolante, tela de fibra de vidro álcali-resistente, tela de reforço com resistência mecânica que eleva a resistência ao corpo duro, selador acrílico integral hidrófugo e acabamento acrílico integral, hidrófugo, hidro-repelente, flexível e colorido.

Segundo Fábio Din, se comparado com a construção convencional esse sistema é muito mais leve gerando economia na fundação e estrutura da obra, possui excelente desempenho térmico proporcionando economia de energia e conforto: “É rápido de instalar, de fácil manutenção, oferece flexibilidade estética, é sustentável pois elimina desperdícios e otimiza o consumo de água, elimina patologias como trincas, é durável e economicamente viável”, explica o gerente Comercial da USG Brasil.

Palestra-Fabio-Din-USG
Apresentação do sistema EIFS no 2º Congresso Steel Frame
stand-usg-2-congresso-lsf
Stand da USG no 2º Congresso Steel Frame
Fábio Din e congressistas no stand da USG
Fábio Din e congressistas no stand da USG

O consumo das chapas cimentícias Durock da USG cresce no Brasil

Mais um empreendimento escolhe o sistema de fechamento para fachadas composto pela chapa cimentícia da USG, a Durock Next Gen.

Trata-se da praça de alimentação da UNASP, Centro Universitário Adventista de São Paulo localizado na cidade de Lagoa Bonita, São Paulo e projetado pelo arquiteto Rolf Leroy Maier.

Ao todo foram 820 m² de fachada sobre steel frame instalada pela empresa Dry Constructions.

A chapa cimentícia Durock foi desenvolvida nos Estados Unidos há 35 anos atrás e é um dos sistemas mais confiáveis do mundo para esta aplicação, é estável, não delamina e é durável.

steel-frame-praca-alimentos-fachada projeto-praca-alimentos-fachada chapa-cimenticia-praca-alimentos construcao-praca-alimentos-fachada praca-alimenticia-chapa-cimento praca-alimentacao-centro-universitario

USG participa de palestra no Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Recife PE

Na ultima semana de Abril as empresas USG, Barbieri e SIC se reuniram para apresentar conceitos e vantagens da construção industrializada com foco no sistema construtivo Light Steel Framing.

O evento ocorreu na sede do CREA em Recife e participaram 80 pessoas na sua maioria engenheiros interessados em saber mais sobre a tecnologia que vem revolucionando a construção civil Brasileira.

Foram apresentados todos os componentes do sistema, as etapas de montagem com destaque para os fechamentos externos das paredes.

construção-civil-pernambucoconstrução-civil-recife

Sistema Light Steel Framing cresce como alternativa construtiva para fachadas em edifícios residenciais no Brasil

O sistema Light Steel Framing esta sendo utilizado como vedação externa para compor a fachada de um prédio de oito pavimentos residencial localizado em Vitória ES.

O empreendimento pertence a Impacto Engenharia (www.impacto.eng.br) que esta sendo uma das pioneiras no Brasil a utilizar esta tecnologia construtiva em um edifício residencial.fachada-RESIDENCIAL-AQUARELA-4

As estruturas e lajes são em concreto mas as fachas internamente são constituídas em chapas de gesso (drywall), perfis de aço (steel frame), isolamento térmico e acústico interno (lã mineral), membrana hidrófuga, chapa cimentícia USG Durock e basecoat.

O empreendimento foi planejado desde o início para receber esta tecnologia e portanto esta se beneficiando de todas as vantagens oferecidas como leveza e portanto economia na fundação, produtividade o que acelera a entrega da obra e possibilidade o retorno do capital investido mais rapidamente, limpeza e baixa geração de resíduos, economia de água, baixa emissão de CO2 pois a logística é mais eficiente, desempenho acústico, desempenho térmico superiores o que reduz a carga térmica possibilitando também economia de energia e durabilidade.

A execução esta sob a responsabilidade da empresa TechSteel Sistemas (www.techsteelsistemas.com.br) dirigida pelo Eng. Marcio Fleming que há décadas se dedica à sistemas construtivos industrializados de alta performance.

fachada-RESIDENCIAL-AQUARELA-2

RESIDENCIAL AQUARELA 1

fechamento-fachada-RESIDENCIAL-AQUARELA

Empresa fabricante de argamassas utiliza produtos USG em seu stand na Feicon



revestimento fachadas STAND STO FEICONA empresa Sto demostrou em seu stand na feira da construção FEICON 2016 diversas soluções para revestimentos de fachadas dentre elas o StoQuik SIlver Next, sistema resistente a alto impacto, StoTherm, sistema com excelente isolamento térmico e Sto Direct Applied para obras rápidas sem abrir mão de performance.

Estas soluções podem ser aplicadas em diversas bases de acordo com a orientação do fabricante Sto, dentre elas estão as chapas de gesso revestida com fibra de vidro Securock e cimentícia Durock da USG, ambas disponíveis no Brasil.

Para as especificações completas destes sistemas acesse: www.stobrasil.com.br / Tel.: (11) 2145-0011

revestimento fachadas STO FEICON BRAZILrevestimento fachadas STO FEICON 2016